Hoje faz um ano que ela partiu

Ivone Wosgraus entrando na Igreja onde sua avó paterna, Ana de Almeida Ferraz, foi batizada, em Mariana (MG) - Foto: Juliana Wosgraus

Ivone Wosgraus entrando na Igreja onde sua avó paterna, Ana de Almeida Ferraz, foi batizada, em Mariana (MG) – Foto: Juliana Wosgraus

Dia difícil hoje. Este 11 de dezembro marca um ano da partida de minha mãe, Ivone Lemos Ferraz Wosgraus. Não sou nada imparcial pra falar nela, mulher maravilhosa, guerreira sempre, mas armada de arte, poesia, sensibilidade.
E às 18h30 tem missa também em sua memória na Igreja do Colégio Catarinense onde estudei e onde aconteceu também a missa da minha formatura em Engenharia Elétrica, e estávamos todos juntos, eu minha mãe, meu pai, Francisco, e avó materna, Júlia de Oliveira Lemos Ferraz. A missa foi encomendada, a meu pedido, por grande amiga nossa, Marilina Búrigo Tomelin. Outra amigona, Ana Luiza Trindade, tomou providências para as missas de uma semana e um mês. Em meu nome e em nome de minha mãe, só gratidão.

Eu e minha mãe, sempre juntas. Ela se foi, mas deixou tanto exemplo, conselhos, livros pra eu ler, e mais um dela pronto, que continuamos juntas como sempre!

Eu e minha mãe, sempre juntas. Ela se foi, mas deixou tanto exemplo, conselhos, livros pra eu ler, e mais um dela pronto, que continuamos juntas como sempre! Nesta foto a gente estava em Praga

Comentários finalizados.