Ouvir estrelas

“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo,
perdeste o senso!” E eu vos direi, no entanto,
que, para ouvi-las, muitas vezes desperto
e abro as janelas, pálido de espanto…”

Olavo Bilac, trecho do poema  Via Láctea (trecho XIII), e a seguir na íntegra, interpretado por Juca de Oliveira

Comentários finalizados.