Domingo de Páscoa – O verde

É domingo de Páscoa. Ela pula cedo da cama. Do outro lado do corredor estão enfileiradas quatro cestas com chocolates de todas as cores.

Apressa-se em trocar coelhinho por coelhinho, ovo por ovo, escolhendo todos os verdes para ela. Terminada a troca, olha satisfeita.

Quando todos acordam, diante da bronca da mãe, corre para um […]

A laranja

Guimar fica deslumbrada com uma simples laranja. Sentada no chão da cozinha, com suas pequenas mãos segura a fruta admirando-a. Desajeitada, deixa escapar e a laranja rola parando a dois metros dela.

Arma um beicinho para chorar, quando a OUTRA (alter ego da personagem Guiomar) empurra-a fazendo com que engatinhando vença aquela distância e agarre […]

Seu último desejo

Do outro lado do balcão, vidros com doces de várias cores, mas o verde destaca-se apagando as outras.

Agita-se no colo, curva o corpo para a frente, estica os braços querendo alcançar o doce verde.

Indiferente, a mãe vai amontoando no balcão coisas feias e descoloridas como arroz, açúcar, farinha…

Num esforço extremo, consegue balbuciar:

[…]

Esperneando

_Nhem… nhemmmmmm!… Nhemmmmmmmmmmmmmmmm…

   Desapareceu no dia de hoje um bebê do sexo feminino, chamado Guiomar.

 

NOTA: último capítulo do livro “Lágrima no Olho D´água”( Ed. Lunardelli), de Ivone Wosgraus

Sábias palavras de Ivone Wosgraus

Aqui um trecho de um dos livros que minha deixou, num total de três, e outro pronto para eu dar andamento. este texto é do romance autobiográfico que mistura ficção, “Lágrima no olho d´água“, editado pela Lunardelli.

“A vida deveria ser ao contrário. nascer velho com toda sabedoria, brotando diretamente da terra, poeira de estrelas […]